Quem não cura as suas feridas, fere pessoas inocentes

Você já se deu conta de quanto oscilamos na vida? Já percebeu que em alguns momentos você está muito bem e é muito agradável consigo e com os outros e, às vezes, o contrário?

Em certo nível, isso é bem normal, aceitável e tolerável, mas tem pessoas que passam grande parte da vida amarguradas e ranzinzas.

Essas pessoas estão feridas, feridas na alma. Em geral, nem percebem e transferem seu mau humor e azedume aos outros, como se eles fossem o problema.

No entanto, muitas vezes acabam ferindo, ofendendo e até agredindo aqueles com quem convivem.

Pessoas assim, precisam se perceber e se conhecer melhor. Perceber que elas estão com alguma programação mental negativa e que precisam curar suas feridas. Além disso, compreender que o maior problema não é o mundo externo, e sim seu mundo interior.

Elas estão feridas na alma por circunstâncias da vida, de programações mentais subconscientes que, em seu automatismo, fazem com que ajam de forma desagradável.

Como lidar com quem nos causa as feridas?

Por outro lado, aqueles que são atingidos de alguma forma pelo mal-estar dessas pessoas, precisam também compreendê-las e saber que são vítimas de programações atrapalhadas, separando assim, a pessoa do ato atrapalhado.

Afinal, em essência, toda pessoa é boa, mas, como todos nós, são falíveis e sujeitas a atos nem sempre agradáveis.

Portanto, precisamos desenvolver a paciência e a sabedoria para quando nos sentirmos ofendidos, magoados, tristes e até com raiva das atitudes do outro, antes de julgá-lo e condená-lo, nos fazermos a seguinte pergunta: será que eu nunca falho ou machuco os outros?

Você já sabe a resposta, não é verdade?

Se assim agirmos, teremos muito mais facilidade de lidar com as situações desagradáveis, podendo inclusive ajudar aquele que nos ofendeu a compreender-se e, com isso, mantermos e até aprofundarmos as relações de amizade e companheirismo.

Como é isso para você? Frequentemente você se sente ofendido? Ou sente que ofendeu o outro? Que feridas será que este comportamento está revelando? Pense nisso! 🙂

Até breve!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe
nas suas redes

2 respostas em “Quem não cura as suas feridas, fere pessoas inocentes”

Muito bom esse artigo.
Sou aluna do IPAPPI, São Paulo, finalizando o primeiro nível.
Estou a cada dia mais entendendo a importância de reprogramar o nosso inconsciente para melhor vivermos as relações saudáveis comigo mesma e com as outras pessoas com as quais convivo.
Obrigada pelas dicas e esclarecimentos.
Iraci Silveira

Realmente a reprogramação mental tem o poder de nos libertar de muitos padrões/programações!
Muito obrigada pelo comentário, sra. Iraci! Ficamos muito felizes! 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.