O que há por trás do vitimismo?

Você conhece alguma pessoa que está sempre no papel de vítima, de coitadinha?
Por que será que tantas pessoas têm essa necessidade?
Já escrevemos em outros textos que as pessoas agem de determinada forma, agradável ou desagradável, não porque querem, mas porque têm uma programação mental que a leva a ser do jeito que é.
Assim, podemos compreender que o vitimismo não é escolha da pessoa que assim se apresenta, mas que existe algo que faz com que ela aja desse modo.
Tudo tem uma razão para ser do jeito que é!
Portanto, o vitimismo é uma estratégia do subconsciente para o indivíduo obter algum ganho secundário. Mas, que ganho é esse?
O vitimista, o coitadinho, desperta um sentimento de pena nos outros, os quais passam a ajudá-lo, dando coisas e auxiliando-o a fazer o que não faz. Esses são exemplos típicos de ganhos decorrentes do vitimismo!
Noutras situações, a pessoa que age como vítima tem sempre justificativas pelos seus fracassos: “Ah! Eu não dou conta, não sei fazer, é muita coisa para mim!”. Com isso, há sempre alguém para fazer algo por ela.

Compreendendo o mecanismo do vitimismo

Portanto, são estratégias que propiciaram “vantagens” algumas vezes na vida e, a partir daí, o subconsciente mantém o padrão. Se deu lucro, por que mudar?
Vitimismo é empobrecimento Humano. As “vantagens” que traz, são vantagens secundárias em detrimento das vantagens primárias, do vencedor, do autossuficiente, independente, próspero e bem-sucedido na vida profissional/financeira, afetiva, social, etc.
Então, vamos ajudar o vitimista não só dando o peixe, quando necessário, mas, também e, principalmente, o caniço para que ele pesque as vantagens primárias. Não façamos mais para o outro, aquilo que ele pode fazer por si mesmo, sob pena de “aleijá-lo” em suas capacidades e competências.
Por fim,  você que desempenha o papel de vítima, não se faça pequeno mais! Confie e desenvolva suas capacidades inatas, pois você é muito mais capaz do que pensava ser.
Portanto, não aceite mais migalhas, queira mais e assuma-se com todos os potenciais, iguais em todos os seres humanos.
Todos nascemos para o sucesso, para prosperidade, para sermos grandes, felizes e cada vez mais realizados na nossa caminhada humana, basta desenvolver e utilizar os potenciais infinitos que todos temos.
Texto de Vilson Stolf

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe
nas suas redes

5 respostas em “O que há por trás do vitimismo?”

parabéns pelo texto. As pessoas devem saber entender e dominar seu subconsciente para poder desenvolver suas melhores potencialidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.