A Covid-19 e as emoções

Você já teve a oportunidade de analisar o estado emocional das pessoas que foram contagiadas pela covid-19? E as emoções estado emocional das que não foram contagiadas?

Para nós que trabalhamos com emoções, fica cada vez mais evidente que o emocional é o termômetro que indica quem tem mais facilidade e quem mais dificilmente contrai o vírus ou qualquer outra doença.

Das pessoas contagiadas pela covid-19, das quais pudemos analisar informações mais precisas a respeito do estado emocional de cada uma, notamos três níveis de adoecimento correspondentes a três níveis de estado emocional distintos.

Aquelas com um estado emocional mais tranquilo, mais confiantes e seguras, contagiadas por conviverem com pessoas acometidas pela doença, tiveram sintomas leves e curaram-se com facilidade.

Por outro lado, aqueles que viviam um estado emocional mais difícil, angustiadas e inseguras, uma vez contagiadas, tiveram mais dificuldade em se curar e algumas até foram hospitalizadas.

E, por fim, as pessoas que viviam em grande desequilíbrio, emocionalmente falando, depressivas e com medo extremo de ficarem doentes, foram hospitalizadas, entubadas e algumas foram a óbito.

Poderíamos também mencionar um quarto grupo formado por aquelas pessoas muito tranquilas, seguras, alegres e confiantes que não foram e nem serão contagiadas por esse vírus, independentemente de vacina.

A relação entre o estado emocional e as doenças

Isso, mais uma vez, nos leva a confirmação de que, o que determina nossa saúde ou nossa doença – e a própria morte prematura ou morte natural numa idade avançada – é o estado emocional em que cada pessoa vive ao longo da vida. Isso vale para todas as doenças.

Por isso, pergunto: em que grupo você está?

Portanto, quando o corpo apresenta algum tipo de doença, precisamos nos perguntar que sentimentos nos fizeram adoecer.

É a famosa psicossomatização!

Assim, antes do corpo adoecer, a mente, de longa data, já estava “doente” e já vinha dando sinais por meio de emoções como a tristeza, raiva, mágoas, angústia, ansiedade e depressão.

No entanto, essa mente não foi atendida nos seus apelos para resolver a causa de seu sofrimento. Então, o sinal é dado com mais força através do corpo por meio das doenças que, em muitos casos, acabam levando o indivíduo a óbito.

Para finalizar, independentemente do coronavírus, queremos convidá-lo a desenvolver o hábito de se fazer uma autoanálise, para se conhecer e identificar de onde vêm aqueles sentimentos negativos que podem levá-lo a uma doença grave e até a morte prematura.

Olhar para as suas emoções e desenvolver o autoconhecimento pode ser a melhor forma de prevenção!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe
nas suas redes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.