O que é o Sistema Grisa?

Sistema Grisa: A Parapsicologia livre de fundamentos religiosos

Em 1963, Dr. Pedro Grisa inicia uma longa pesquisa, tendo como objetivo descobrir se é possível ao Ser Humano vivenciar a Felicidade aqui no Planeta Terra, e com que intensidade e duração.

Nove anos depois, em 1972, dedicou-se a redigir as conclusões finais desta pesquisa, assim sintetizadas: “O Ser Humano vive em permanente luta entre duas Energias Opostas, duas fortes e permanentes tendências essencialmente contrárias”:

1ª – A tendência que leva ao Egoísmo que vai fechando o indivíduo sobre si mesmo, desencadeando um processo de isolamento.

É o egoísmo, concluía GRISA, que leva a pessoa a fechar-se em seus interesses imediatos e mesquinhos, tendo como consequências o despertar da vaidade, do orgulho, da inveja e do ciúme; caminhando o indivíduo para o isolamento em si mesmo, vivenciando as sensações do abandono, da rejeição e da angústia; caindo mais e mais no precipício da depressão e do desespero, para a morte, para o Inferno.

“O Egoísmo, amigo, é o verdadeiro Diabo que te carrega para o inferno”.

2ª – O Altruísmo é a Energia oposta que conduz o Ser Humano ao Encontro com os outros, trilhando o caminho da Paz e da Harmonia.

Pelo Altruísmo, o Ser Humano se abre para o mundo e para as outras pessoas e grandes objetivos. Vai entrando num processo cada vez mais amplo de colaboração, de fraternidade, de amizade, vivenciando as sensações da alegria, da coragem e do entusiasmo, escalando com firmeza e persistência os montes e as montanhas, atingindo os pícaros da comunicação tranquila e da paz, conquistando a Harmonia e a Felicidade.

“É guiado pela chama do altruísmo, amigo, que você pode escalar o píncaro da Felicidade e abrir as portas do Paraíso”.

Ciência e Ser Humano

É na fase final dessa pesquisa que Grisa decide buscar uma nova visão do Ser Humano, alicerçando seus estudos e pesquisas em fundamentação exclusivamente científica, livre de princípios apriorísticos, religiosos ou filosóficos.

Mas uma questão fundamental se impõe: “Essa postura exclusivamente científica, não é própria do ateu?” A resposta surge clara como a luz do dia: Se “Deus é o criador do Céu e da Terra e de tudo o que neles existe”, segundo postulam todas as grandes religiões, algumas conclusões se impõem pela lógica da evidência:

1ª – “Deus, como Criador do Universo e de todas as realidades cósmicas, é também o Criador de todas as Leis que regem o funcionamento do Universo Físico – Químico e da Natureza Viva”.

2ª – “As Ciências nada mais fazem do que descobrir as Leis que governam o funcionamento do Universo, do átomo às galáxias e do vegetal ao Ser Humano”. Portanto, toda a Ciência sempre identifica as Leis e Princípios estabelecidos pelo criador, ou seja, Leis e Princípios Divinos.

Diante desta evidência, Grisa sente-se encorajado e tranquilo, na busca de uma Nova Visão do Ser Humano, em bases exclusivamente científicas.

Grandes descobertas da Parapsicologia Linha Científica e Independente

A partir da pergunta: Como funcionam os fenômenos Paranormais? Descobre-se que:

1. Os fenômenos Paranormais não têm origem no mundo sobrenatural ou espiritual e sim no Ser Humano;

2. A Paranormalidade (Mediunidade ou Sensitividade) não é Dom divino nem manifestação do mundo do além, mas um potencial natural do Ser Humano, como tantas outras capacidades;

3. O verdadeiro agente dos fenômenos Paranormais é a Mente Humana;

4. A Mente Humana perturbada – como nos casos em que o indivíduo vivencia grave ameaça à sua Sobrevivência – desencadeia poderosa Energia. Exemplos: fenômenos de “Poltergeist” ou das casas consideradas mal-assombradas, pessoas que parecem estar possuídas pelo diabo, outros espíritos ou entidades, dentre outras situações.

5. A Mente Humana é capaz de desencadear a chamada “Energia Psi” capaz de atuar nos diferentes campos de energia:

a) da Física “ignorando”, por assim dizer, as leis da Gravidade e da Inércia, movimentando e fazendo voar objetos, nos fenômenos de casas ditas mal-assombradas;

b) da Química, desencadeando fogo, nos fenômenos de autocombustão e “combustão espontânea”;  é a emoção de raiva, especialmente contida, que produz “fogo mental”;

c) da Biologia, produzindo doenças “inexplicáveis” por sua violência e fatalidade ou por sua origem desconhecida; bem como produzindo as chamadas curas milagrosas ou espirituais;

d) da Comunicação, recebendo ou transmitindo informações ou mensagens que extrapolam as leis que regem o rádio, a televisão e a telefonia; como nos fenômenos Psi-Gama: Telepatia, Precognição, Claripercipiência e Bilocação de Consciência (Projeciologia, Desdobramento ou Viagem Astral).

Constatada e comprovada essa fantástica capacidade que a Mente Humana possui de produzir a poderosa Energia Psi, surge a necessidade de formular-se uma nova pergunta: como funciona a Mente Humana para desencadear essa fantástica Energia Psi, capaz de desencadear a manifestação dos Fenômenos paranormais?

E nasce a nova ciência da Mente Humana

Sempre fundamentado na pergunta que rege todo processo de pesquisa científica, Grisa sempre à frente das pesquisas do IPAPPI, criador e mentor do Sistema Científico Independente de Pesquisa e Orientação Parapsicológica Dr. Pedro Antonio Grisa – Sistema Grisa, não teme nenhum desafio e formula a pergunta: 

Como funciona a Mente Humana para desencadear a Energia Psi?

Desafio, sim. E ousado desafio, pois aqui se traça a Linha divisória entre a Parapsicologia, como a nova Ciência da Mente Humana e as outras ciências que tradicionalmente estudam o Psiquismo Humano, como Psicologia, Psiquiatria, Psicanálise e Neurologia.

O parapsicólogo Pedro Antonio Grisa nunca esteve muito preocupado com o cientificismo nem com anátemas de academias, muitas vezes estagnadas ou engessadas por intocáveis paradigmas; e formula tal pergunta por dois motivos fundamentais:

1 – Porque descobrir como funciona é identificar Leis e Princípios que regem a relação causa-efeito, objetivo de toda pesquisa científica. Toda descoberta científica é permanente, como perenes são as Leis e os Princípios que regem o funcionamento do Universo e da Natureza Viva.

2 – Porque até a descoberta da Parapsicologia, especialmente do SISTEMA GRISA, de que a mente humana desencadeia Energia Psi, é uma descoberta absolutamente surpreendente, pois não se imaginava sequer que a mente humana pudesse produzir energia. Tanto que você já deve ter ouvido afirmações como: Isso não é psicológico, isso está provado que é biológico ou isso é físico, isso é pura coincidência.

Nunca se havia levado a sério, sob o ponto de vista científico, que a mente humana pudesse desencadear e canalizar energia. Muito menos se supunha que a Energia Psi pudesse atuar nos campos da física, da química, da biologia e da comunicação, rompendo os limites até então conhecidos por essas ciências.

E o Sistema Grisa rompe também os limites da Parapsicologia tradicional, tanto da Escola Católica, quanto da Escola Espírita, bem como da Escola Experimental de Parapsicologia. E isso somente foi possível graças às respostas dadas a essa pergunta.

Descobertas que revolucionaram a compreensão da mente humana

Relacionamos a seguir as principais constatações, descobertas e comprovações científicas realizadas pela Parapsicologia Independente do SISTEMA GRISA sobre a mente humana e consequentemente sobre o Ser Humano:

1ª – A primeira grande comprovação feita pelo SISTEMA GRISA sobre a Mente Humana foi a constatação de que: A mente humana possui duas funções básicas:

• O Consciente – a Função Racional,

• O Subconsciente – a Função Mecânica.

Em linguagem popular, pode-se dizer que o SISTEMA GRISA descobre que o Ser Humano não é um, é dois, ou ao menos, funciona como dois: o Eu e o Robô Invisível.

Quem já não desejou estar contente e animado? E, sem querer, continua triste e sem ânimo? E quantos prometem mudar, afirmando que é decisão que vem do fundo do coração, e logo depois recaem nas mesmas falhas e fraquezas? É porque essa dualidade faz parte do próprio Ser Humano.

É o Eu-racional, a pessoa enquanto gente, em luta cega com a Besta-Irracional e Mecânica, seu Subconsciente, o Robô Invisível.

Essa descoberta das duas funções da mente humana – racional e mecânica – traça uma linha divisória entre o Sistema Grisa e outros estudos, como as Psicologias, as Filosofias e as Religiões, estudos esses que sempre consideraram o Ser Humano um ser Livre, dotado permanentemente de livre arbítrio.

E eis o grande engano: O Ser Humano não é um ser permanentemente livre, pode vir a ser livre somente na medida em que compreender como funciona sua mente e aprende a comandar seu Subconsciente, deixando de ser regido por ele.

Por tanto, o Ser Humano somente é livre na medida em que cultiva adequadamente o Terreno Mental, domestica a Besta-Interior, comanda o Robô Invisível.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe
nas suas redes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.