A Culpa e o Processo Terapêutico

Você costuma se sentir culpado por alguma coisa? A culpa existe?

Em Parapsicologia dizemos que o ser humano não é culpado por aquilo que faz ou deixa de fazer. Pois ele é um ser em processo, em desenvolvimento; é falível, sujeito a atos equivocados. Agimos por força das emoções, contextos, conhecimentos, ignorância e estruturas mentais que definem nossas ações.

Portanto, ninguém escolhe fazer errado. Fazemos tentativas de acerto e às vezes não acertamos.

Contudo, o ser humano é responsável pelos seus atos. O que precisamos é sempre estar comprometidos em fazer cada vez melhor.

Afinal, quais são as vantagens em ficarmos olhando para o passado lamentando o que fizemos de mal ou o que não fizemos de bem?

Como usar a culpa a seu favor

O nosso objetivo no Processo Terapêutico é auxiliar a pessoa a ter compreensão de que todos somos falíveis e que ficar preso ao passado negativo apenas nos impede de seguir em frente no presente.

Não é sobre ignorar o passado, mas olhá-lo para primeiramente recordar e orgulhar-nos das tantas atitudes positivas que tivemos. Quanto aos comportamentos negativos, servirão como referência para no presente e no futuro fazermos melhor, sem que estejamos presos ao passado nos lamentando e condenando-nos.

É preciso que nos comprometamos com um presente de atitudes e ações sempre melhores, pois, não temos como voltar e alterar o passado.

Na vida temos um único momento em que podemos fazer algo: é no presente, aqui e agora. Não podemos mudar o passado e o futuro ainda não chegou.

Então, o primeiro passo é nos assumirmos como pessoas naturalmente falíveis, sem que nos cobremos a perfeição.

Quando nos assumimos como culpados, por força da programação milenar que culpado precisa ser punido, automaticamente, se ninguém nos pune, o subconsciente atrai punição para cumprir a programação.

Assim, é importante trazer do passado as tantas atitudes, conquistas e realizações que já tivemos, deixando-as vibrar em nós!

Além de desfazer o peso dos sentimentos de culpa, pois, sempre fizemos o melhor que sabíamos e podíamos. Desse modo também, não atrairemos punições como consequência de culpas assumidas.

Compartilhe
nas suas redes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

categorias

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.