A memória está atrelada ao equilíbrio entre mente consciente e subconsciente.

A perda de memória, muitas vezes, é um mecanismo de defesa do subconsciente para nos proteger de conteúdos mentais dos quais não estamos dando conta. 

Além disso, situações de stress, ansiedade e depressão contribuem com a perda de memória. Anos atrás, passei por uma profunda depressão e muitos fatos ocorridos nesse período foram esquecidos.

Contudo, hoje, minha memória está ótima.

Assim, não podemos encarar cada pequeno lapso como um sinal de perda de memória, nem sair falando isso aos quatro ventos, pois, se assim fizermos, estaremos preparando o terreno mental para que essa declaração se torne realidade.

No equilíbrio entre mente consciente e subconsciente, é fundamental exercitar a primeira, pois é ela a responsável pela atenção e, para termos memória, é imprescindível estarmos atentos.

Portanto, é importante que você preste atenção em seus hábitos, comportamentos, entusiasmo, concentração, que são características primordiais mentais para ter excelente memória.

Quando você deixa de prestar atenção e desiste de aprender coisas novas, não há nenhum estímulo a sua memória. 

Por fim, deixo aqui uma afirmação positiva para melhorar a memória e algumas dicas para exercitá-la: “TENHO MEMÓRIA NORMAL E PERFEITA E ME LEMBRO DE TUDO QUE PRECISO EM CADA SITUAÇÃO”.

  1. Tenha paixão pela vida;
  2. Aprenda coisas novas;
  3. Relembre histórias antigas;
  4. Acredite que sua memória é excelente;
  5. Faça jogos e atividades mentais diversas.

Texto da Parapsicóloga Elis Brito – https://www.facebook.com/elisbritoparapsicologia/

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
WhatsApp