Como superar o sentimento de rejeição?

Você provavelmente já se sentiu rejeitado em algum momento da vida, não é verdade? Por acaso esse sentimento foi ou tem sido recorrente e intenso? Ou é algo suportável e que logo vai embora?

É bem comum que nos sintamos rejeitados em alguns momentos da vida. Como também é comum que todos nós rejeitemos uma ou outra pessoa, por várias razões.

Certamente, o que não é normal é certas pessoas estarem sempre se sentindo rejeitadas, com a sensação de que ninguém gosta delas. No entanto, via de regra, elas é que se sentem assim, sem que necessariamente estejam sendo rejeitadas. O sofrimento é equivalente a como elas se sentem.

Junto com a rejeição, normalmente essas pessoas têm complexo de inferioridade, baixa autoestima, sentem-se feias, não acreditam nas suas capacidades e, em geral, são fracassadas nas diversas áreas da vida.

Não é que essas pessoas escolham ter esse sentimento exagerado, mas, como já escrevi em outros textos, tudo tem uma origem, nada vem do nada.

Tudo o que foge ao natural ou ao normal tem programações mentais correspondentes que levam a tal.

Sendo assim, são pessoas que muito provavelmente tenham sido fortemente rejeitas nas etapas da estruturação da personalidade. Desde a concepção, durante a vida intrauterina, ao nascerem ou na primeira infância, na pré-escola, no ensino fundamental quando foram expostas, humilhadas, diminuídas, ridicularizadas, etc.

O que fazer quando o sentimento de rejeição é recorrente?

Primeiramente, precisam se conhecer, compreender como funciona a mente e como ela foi estruturada desde sua concepção e identificar a provável causa do problema.

Perceber a verdade de que na maioria das vezes, não estão de fato sendo rejeitadas, mas que são levadas a ter essa sensação em função das experiências de forte rejeição já vivenciadas no passado.

Precisam superar os diversos sentimentos negativos, de complexo de inferioridade, baixa autoestima e se valorizar. Perceber que podem ser mais sociáveis, interagir mais com as pessoas, sendo agradáveis, sorrir mais, enfim, incluírem-se, fazendo parte do meio em que estão inseridas.

No entanto, muitas delas precisam de um terapeuta, pois as programações negativas são tão fortes que acabam não possuindo força para reagir diante da situação.

Finalmente, perceber que ninguém é perfeito. Todas as pessoas cometem atos atrapalhados e ninguém é inferior a ninguém. Desse modo, não precisam se comparar com os demais, mas, serem elas por elas, independentemente do que acontece com os outros e a sua volta.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe
nas suas redes

2 respostas em “Como superar o sentimento de rejeição?”

Assisti uma live de constelação familiar sobre este assunto muito boa ! Conheço alguém que precisaria urgentemente mas não será fácil e não posso sugerir nem interferir

Olá Marisa! Sim!! Infelizmente, muitas vezes temos lindas ferramentas, mas precisamos aguardar o processo do outro, não é? Você pode fazer uso da telepatia, com mentalizações positivas para essa pessoa, quem sabe em algum momento ela não se abre para isso? <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.