As características de personalidade já foram classificadas de diversas maneiras, segundo cada estudioso e pesquisador dos comportamentos do ser humano.

Assim também, a Parapsicologia Científica e Independente, ao pesquisar os comportamentos humanos, classifica as Personalidades como sendo Pragmática e Idealista.

A Personalidade Pragmática, decorre de um elo mental telepático que ocorre entre o primeiro filho e a mãe e entre a primeira filha e o pai de um mesmo casal.

Assim, os demais filhos são os de Personalidade Idealista e não gozam desse elo mental telepático com os pais.

As pessoas pragmáticas se caracterizam por serem mais voltadas para o mundo exterior. São mais funcionais, práticas, mais voltadas para o mundo material. Pouco expressam seus sentimentos, dificilmente dizem “eu te amo” – o que não quer dizer que não amem. A forma de demonstrar sentimentos é dando um presente ou alguma coisa material.

Já as pessoas idealistas, são mais introspectivas, mais voltadas para seu mundo interior. São mais sensíveis, mais sentimentais, precisam muito de apoio e aprovação, pois, por não terem tido o ele mental telepático com o pai ou com a mãe, são mais inseguras. Seu grande poder está na imaginação e na criatividade.

Estrutura de personalidade e os Relacionamentos

Nas relações humanas e, especialmente nos relacionamentos familiares, mais ainda entre os casais, é fundamental compreender os comportamentos decorrentes das características de personalidades de cada um.

Veja o que pode acontecer entre um casal em que a esposa é pragmática e o marido é idealista, por exemplo: a esposa espera que o marido, por ser homem, seja determinado, objetivo, funcional, prático e bem-sucedido, o que tende a não ocorrer deste modo, pois quem tende a ser assim é a mulher, por ser pragmática.

Por outro lado, o marido sonha com uma esposa carinhosa, afetiva, compreensiva por ser mulher, o que, da mesma forma, tende a não acontecer.

Se paramos para analisar, muitas vezes, os comportamentos próprios de cada personalidade não são compreendidos, acarretando inúmeros atritos e até mesmo separações.

Quando é o contrário, marido pragmático e mulher idealista, por força dos padrões culturais, em que o homem é o forte e a mulher é mais sensível, normalmente a relação é mais tranquila.

Assim, nas outras relações com os filhos, nas relações sociais e profissionais, conhecer as características das personalidades facilita em muito a convivência por compreender que as pessoas se comportam de forma diferente por conta das características de personalidade.

E aí, qual é a sua personalidade e a dos seus próximos? Saiba como melhor conviver consigo mesmo e com os outros a partir desse conhecimento!

Até breve! 🙂

Texto de Vilson Stolf

Marcela Salomão

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
WhatsApp