A Páscoa, para muitas pessoas, é um momento marcante de muita fé e rituais religiosos. Culturalmente, praticamente todos trazemos em nossa memória genética, a força dessa fé. Porém, com o passar dos últimos anos, isso foi perdendo aquela milenar e marcante força espiritual, e transformou-se numa data essencialmente comercial.

Contudo, acho importante, independentemente das práticas e dos rituais religiosos, de que participamos ou não, resgatar alguns significados importantes de tal data que ainda permanecem latentes em nossa alma.

A Páscoa traz em si, uma mensagem de superação, de vencer o mal, vencer a “morte”, que ocorre a cada dia um pouquinho, em cada um de nós, à medida que agredimos, magoamos, ofendemos e “machucamos” o nosso próximo.

Então, essa data pode ser um momento de reconciliaçãode compreender a si e compreender o outro, que, por ventura, tenha lhe causado algum sentimento negativo como mágoa, tristeza ou raiva.

É importante lembrar que ninguém erra ou falha porque quer errar ou falhar. Todos somos essencialmente bons, mas seres ainda inacabados, longe da perfeição e sujeitos a atos atrapalhados. Logo, lembre-se de que, quando você aponta o dedo para o outro, outros três dedos estão apontando para você.

Vamos, então, aproveitar o feriadão para cultivar a paz, que é também uma mensagem pascal, com os seus, sua família, cônjuge, filhos, pais e vizinhos!

Creio que você já tenha tido duas experiências marcantes de sentimentos: uma boa e outra ruim. Quando temos uma atitude positiva de compreender, perdoar e reconciliar-nos com alguém querido, que estava afastado por intrigas, evidentemente temos um sentimento de bem-estar e de profunda paz.

E, de outro modo, quando continuamos magoados, chateados e até com raiva de alguém que é importante nas nossas relações, há uma profunda ausência de paz, um grande mal-estar e uma espécie de dor na alma.

Que tal fazermos desse feriado de Páscoa uma grande oportunidade para se viver a PAZ?

Desejamos a todos, muita harmonia e amor!

Até a próxima! 😉

Equipe IPAPPI-PR.

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
WhatsApp