Todo ser vivo “escreve” uma história de vida. A história de vida dos seres não humanos é relativamente simples e predefinida. Eles não têm a capacidade de criar, fazer diferente, inventar modas. Fazem exatamente aquilo para o qual foram criados e com a sua devida importância dentro de um projeto maior.

Assim, da formiga ao elefante, todos tem um papel único e importante dentro do ecossistema, cada um na direção de vida preestabelecida. O ser humano, por outro lado, é muito complexo, com muitas possibilidades de direção de vida.

Então, cabe perguntar, para onde você caminha? Você dá direção a sua vida?

Na verdade, assim como os outros seres vivos, nós também não temos plena liberdade para direcionar a nossa vida.

A estrutura de personalidade de cada um de nós é resultado da somatória de programações herdadas de nossos ancestrais e das programações de vida intrauterina que, de acordo com o que a mãe vive, sente e experiencia a gestação do novo ser, vai estabelecer padrões de comportamento, sentimentos e atitudes do futuro adulto.

Deste modo, a estrutura se complementa com o processo de nascimento, primeira infância, cultura e o meio em que se desenvolve.

O que você tem escolhido?

Por acaso, você que está lendo esse texto, tomou alguma atitude, decidiu alguma coisa a favor ou contra você nas etapas acima citadas?

Até aqui somos o que os outros, o meio e a cultura preestabeleceram que fôssemos. Tudo isso está devidamente programado na mente subconsciente, que é quem executa tudo o que acontece conosco. Então, onde está a nossa liberdade de direcionar nossa vida?

Sabendo como funciona a mente, podendo programar e/ou reprogramar o subconsciente, podemos enfim, mudar a direção da nossa vida, se não estamos satisfeitos com a direção em que automaticamente caminhamos.

Uma coisa é certa, se eu ou você não dermos a direção que queremos à nossa vida, alguém vai dar. Ela segue uma direção já preestabelecida ou o meio, os interesses dos outros, os meios de comunicação, a cultura, a religião, a educação, a política, a sociedade, acabarão por definir a direção da nossa história de vida.

Portanto, busque conhecer-se melhor, saber como funciona a mente, as funções mentais, como funciona o consciente e o subconsciente, programando e/ou reprogramando o subconsciente, que executa tudo o que acontece conosco, definindo você, a melhor direção que quer dar à história da sua vida.

E você? Tem sido dono de sua própria história?

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
WhatsApp